Recent Posts

Sessão 4: Sobre Yettis e Homens
Tudo era branco a sua volta. As colinas eram brancas, tudo era igual. Tinha fome, estava fraco e com frio. As coisas não pareciam boas para Jesse, mas ele escaparia, sempre escapava. Ou era isso que pensava.
Logo quando perdia as esperanças, uma coluna de fumaça subiu no horizonte. A perspectiva de sobrevivência o encheu com ânimo, e então ele estava a caminho...

Enquanto isso, em Easthaven, Taurus, Lilith e Wergal se preparavam para cavalgar para o norte no rastro de Arric e Irvin. Eles escaparam levando uma refém e varias das posses pessoais de Taurus, incluindo seus documentos de Oficial de Luskan, que agora precisaria para conseguir um barco para cruzar o Lac Dineshere. Os trás montaram cavalos e seguiram caminho entre a nevasca. O rastro dos bandidos os levou para uma caverna aos pés de Kelvin's Cairn. O local parecia a parada óbvia naquele tempo inclemente, e logo o grupo descobriu evidências de que os dois foragidos e a refém haviam passado por ali.

Enquanto exploravam a caverna, o grupo ouviu gritos de terror e som de combates. Rugidos deixaram claro que os bandidos e a refém agora batalhavam Yettis das Montanhas. Se quisessem salvar a inocente, teriam que se apressar.

Os sons ecoavam nas cavernas labirí­nticas, e o grupo se perdeu mais que uma vez antes de chegar ao local da batalha. Quando chegaram ao pequeno vale do outro lado das passagens, Arric, Irvin e a refém estavam cercados. A batalha foi difí­cil e selvagem contra os Yettis, e nos últimos instantes da batalha, os Yettis devoraram tanto os bandidos quanto a refém, e por pouco os próprios heróis não foram derrotados. Apesar de deixarem as cavernas com vida, e tendo recuperado suas posses, o sabor da derrota da justiça ainda amargava na boca quando chegaram de volta a Easthaven carregando o corpo da jovem que havia perdido a vida na caverna.

Na manhã seguinte, um barco estava pronto para leva-los para o outro lado do Lac Dineshere, mas antes de zarparem, um antigo amigo juntou-se a eles. Jesse James havia seguido a coluna de fumaça da Taverna em Chamas e isso salvou-lhe a vida. Jesse decide acompanhar Taurus em sua empreitada no retorno a Tumba de Kresselack. Todos a bordo, eles parte para o leste com a maré.
Viewable by: Public
0 comments
Tags: death , Journal , Summary
Sessão 3: Uma Ajudinha dos Amig(uinh)os
Milhas a norte de Easthaven, no assentamento Anão nas terras de Caer-Konig, um conselho acontecia. Os anões do clã PedraLobo se reuniam em preocupação para debater o que fariam a respeito das ultimas incursões do exército de mercenários conhecido como Círculo de Ferro. Ja haviam semanas desde que o líder do clã havia partido para o oeste com um bando de guerra a fim de encontrar ajuda, e ainda não havia retornado. A reunião era secreta, pois se as forças de ocupação do Círculo de Ferro soubessem de tal rebeldia, todos ali estariam condenados.
O conselho concordou em enviar um grupo para encontrar o líder e o grupo de guerra e os trazer de volta, mas antes que mais providências pudessem ser tomadas, o lugar foi atacado. O Círculo de Ferro havia descoberto sobre o conselho. Os anões foram presos ou mortos, e o único que conseguiu escapar foi Wergal Quebra-Joelho. Sobre ele caiu a responsabilidade de ir até o restante dos PedraLobo e tentar fazer frente ao Círculo de Ferro.

De volta a Easthaven, Taurus e Lilith procuravam por Arric e Irvin. Tendo o elemento surpresa, Taurus pretendia pegar os dois enquanto gastavam sua pequena fortuna recém adquirida nos estabelecimentos de reputação duvidosa da cidade. No entanto, o encontro não saiu bem como Taurus previra.

Taurus e Lilith encontraram Arric se embebedando e flertando com as mulheres de uma taverna no lado oeste da cidade. Enquanto Lilith e Taurus questionavam o Bárbaro que não parecia oferecer resistência, Irvin, a verdadeira mente maligna da dupla, colocou em pratica um plano sádico. Ele voltou ao segundo andar da taverna que funcionava como estalagem e amordaçou e amarrou três dos hópedes do local, enquanto usou um quarto hóspede como refém para negociar sua escapada.

Quando Irvin desceu novamente para o salão comum, Taurus e Lilith perceberam que tinham focado toda atenção no ladrão errado. Até mesmo Arric parecia surpreso com as ações de Irvin, mas ainda assim não exitou em segui-lo para fora da taverna enquanto os heróis observavam a cena sem reagir por medo de que a refém fosse ferida. Enquanto a cena se desenrolava, um anão na taverna interferiu dando a Lilith e Taurus a oportunidade que precisavam para iniciar a perseguição do lado de fora da taverna.

Com o que eles não contavam era que Irvin havia incendiado o segundo andar da estalagem.

Os heróis então tiveram que escolher entre perseguir Irvin e Arric com a refém e voltar para a taverna a fim de tentar salvar as pessoas que Irvin havia amarrado lá. Sem conseguirem se resolver, Taurus e Wergal começaram um combate contra os dois ladrões enquanto Lilith tentava salvar os hospedes.

Nenhuma das duas empreitadas foi bem sucedida. A taverna queimou até o chão, e Lilith não conseguiu salvar nenhum dos três hóspedes, e quase não conseguiu sair da taverna em chamas a tempo, enquanto Wergal e Taurus não foram capazes de evitar a fuga dos dois mercenários com a refém.

Agora a cidade olhava para os três por respostas e por vingança contra os malfeitores.
Viewable by: Public
0 comments
Sessão 2: Amigos amigos, negócios à parte.
Tauros se despediu de seu antigo grupo, e se dirigiui à taverna do Cão Salgado nas docas de Targos a fim de contratar alguns dos muitos mercenários que pareciam chegar a todo dia na cidade desde que as manobras militares foram iniciadas.

No Cão Salgado, Taurus conheceu Arric e Irvin: Um bárbaro da tribo dos Ursos e um Arqueiro, ex-soldado de Neverwinter. Taurus bebeu algumas cervejas com os dois novos companheiros, e logo os dois haviam concordado em escolta-lo até Kuldahar por um preço justo.

Os três viajantes sairam pela manhã, tomando a estrada a leste e seguindo até Bryn Shander, e de lá seguiriam até Easthaven. No entanto, na noite do terceiro dia de viagem, Arric e Irvin mostraram as garras de fato. Irvin envenenou o ensopado que ofereceu para Taurus, e, enquanto este estava desacordado, os dois mercenários roubaram todos os seus bens de valor, e o amarraram. Os dois ainda discutiam o que fariam com o nobre pomposo de Luskan quando Taurus finalmente começou a recobrar a consciência, mas Arric, o barbaro, convenceu Irvin de que eles não precisariam sujar as mãos e matar o homem ali, visto que podiam simplesmente deixa-lo congelar amarrado no frio. De fato, se algum predador não o matasse, o frio com certeza o faria.

Concordando em deixa-lo para seu terrivel destino, Arric e Irvin seguiram viagem durante a noite enquanto Taurus permanecia la amarrado e a mercê da morte certa. No entanto, a sorte de Taurus estava para mudar.

Dias antes, chegaram na cidade de Targos uma outra enviada de Luskan. Lilith era uma mercenária famosa nas vielas da Cidade das Velas, e antiga companheira de Taurus em outras aventuras no sul. Lilith tinha sido enviada a Icewind Dale com uma missão simples: encontrar Taurus e relatar seus progressos. No entanto, Lilith não é conhecida por fazer as coisas exatamente às claras, preferindo seguir seu "alvo" a simplesmente perguntar a respeito do seu progresso. E foi isso que o salvou.

Lilith observava ao longe quando os dois mercenários abandonaram o velho amigo à própria sorte, e quando estavam a uma distância segura, ela foi a seu resgate. Essa não era a primeira vez que Taurus devia a vida a Lilith. Lilith também ja fora salva por Taurus muitas vezes antes, mas por algum acaso do destino, era ele que se encontrava sempre nas situações mais constrangedoras.

Os dois sobreviveram a noite fria da estrada, e pela manhã, chegaram até Easthaven, onde comprariam novos equipamentos, reabasteceriam suprimentos e teriam vingança.
Viewable by: Public
0 comments
Sessão 1: Depois da Tempestade
Há anos Taurus Greymann, Nobre de Luskan e Intendente para Assuntos de Segurança da Cidade das Velas, vem perseguindo uma horda desaparecida. Anos atrás, enquanto supervisionava uma a rede de espionagem que mantinha nota do movimento e paradeiro das hordas orcs na região de Luskan, Taurus perdeu de vista da noite para o dia um exército de quase dez mil orcs. Aquele foi seu maior fracasso, e também o último, os Alto Capitães decretaram.
Depois desse imprevisível acontecimento, Taurus dedicou seus anos seguintes a encontrar o paradeiro da Horda Desaparecida, e com isso limpar seu nome e restaurar toda seu antigo prestígio na Cidade de Luskan.
Tempos depois, Taurus ouviu rumores sobre Atividade Militar na distante localidade de Icewind Dale, e todo sigilo envolvido na coisa despertou seu interesse. Não demorou muito para que Taurus descobrisse também que orcs foram avistados naquelas distantes planícies. Usando de sua influência e contatos, logo Taurus estava a caminho de Targos, no no vale gelado de Icewind Dale.

Em poucos dias de investigação Taurus provou que sua intuição não o abandonara. Haviam indícios claros de que os orcs Olho de Corvo, a mesma horda desaparecida tantos anos atrás às margens da Floresta Alta, estava agora em atividade no Vale. Isso com certeza tinha a ver com as estranhas manobras militares das cidades livres de Luskan, Neverwinter e Lua Argêntea que agora eram ensaiadas em conjunto nas Dez Cidades. Para Taurus não haviam coincidencias.
No entanto, pouco ali fazia sentido. Por que as cidades estavam enviando tropas para o norte? Como e por que os Orcs Olhos de Corvo estavam agora em Icewind Dale? E mais importante: quem estava por trás de todos esses acontecimentos?

A fim de reunir mais recursos para a investigação, Taurus juntou-se às tropas de Luskan em Targos e iniciou suas investigações. Logo ficou claro o envolvimento de Drows, mas pouco isso revelava. Foi só quando Taurus, acompanhando um grupo de aventureiros da região, seguiram um grupo de guerra goblin é que as coisas começaram a fazer sentido.
Descobriram que os goblins estavam trabalhando em conjunto com os Olhos de Corvo, e aparentemente ao menos mais um clã Hobgoblin e mercenários Bugbear. Aparentemente estes goblins estavam escavando uma cripta a norte de Lonelywood quando os aventureiros os encontraram. Na cripta, eles encontraram um artefato antigo, feito por uma das tribos ancestrais do vale. Junto com o artefato encontraram escritos que detalhavam a existência de outras 6 partes de algo que parecia ser um bastão. Logo os aventureiros entenderam o estratagema: Fosse quem fosse que estava por trás disso, estava a procura dos artefatos. Alguns apostavam nos drows, outros ainda acreditavam que poderia haver uma terceira parte envolvida, mas acima de tudo, todos concordaram que eles deveriam reaver os itens antes de seus rivais.

Assim, Taurus deixou o grupo de Dethgar e companhia, e partiu para Targos de onde pretendia encontrar mercenários e partir para recuperar o fragmento da tumba de Kresselack, uma cripta ja visitada por ele e seu grupo anteriormente, e que por isso provavelmente não representaria grandes perigos.
Viewable by: Public
0 comments
Tags: Recap , Summary
See more posts...
Game Master:
Setting:
Forgotten Realms (2nd)
23 other campaigns in this setting
Rule System:
Tags: